O orçamento nosso de cada dia!

by on janeiro 24, 2014

Prezados, bom dia.

 

Hoje venho falar da necessidade de elaborar e sempre acompanhar um bom orçamento.

Makoto Contabilidade é uma empresa especializada em contabilidade geral que atende empresas de diversas áreas de atuação como Associações sem fins lucrativos, Holdings, Prestadores de Serviços, Comércios e também pessoas físicas, para quem prestamos serviço de gestão financeira e investimentos.

Pode parecer “fanatismo” ou “pão-durismo”, mas a verdade meus amigos é que conforme uma conversa informal com um amigo, concluímos que nossa educação básica peca no fato de nós sairmos dos ensino médio sem boas noções de como cuidar das nossas próprias finanças e do nosso corpo. Sim, estou falando de exercício físico mesmo. Esportes, musculação, etc.

Mas voltemos às finanças. Hoje vamos criar um orçamento bem básico, mas que irá ajudá-los a ter uma visão melhor de pra onde vai seu dinheiro. E melhor ainda, de onde ele vem.

1º Passo – Organize-se

Antes de fazer um orçamento, precisamos saber duas coisas muito importantes. Primeiro a origem e montante do dinheiro que recebemos periodicamente (semana, mês, ano). Segundo, o destino e também o montante que precisamos gastar. E meus amigos, irei lembrar sempre. Suas despesas é que precisam se adequar às suas receitas e não o contrário.

Sim, você vai precisar ter alguma noção de planilha eletrônica ou pelo menos um software de qualidade. Pra quem tem pouca familiaridade com planilhas, recomendo já ir direto pro software.

Gratuitamente podemos encontrar diversos. Entretanto eu recomendo dois. O JFinanças e o Finance Desktop. Sendo que o JFinanças tem módulos gratuitos e pagos e já o Finance é totalmente grátis.

 

2º Passo – Classifique

A melhor maneira de criar um orçamento, que nada mais é que uma previsão, ou seja, visão do futuro, é olhar pro passado. Sim, pro passado.

Se você parar para pensar, nossas receitas e despesas são comuns. Elas se repetem ano a ano. Assim, basta anotar TODAS as receitas e despesas do ano corrente e se planejar para o ano seguinte, acrescentando ou retirando alguns itens conforme a necessidade.

Assim, inicie seus controles (seja por software, seja por planilhas) classificando mês a mês as receitas e despesas do ano que passou. Mas como lembrar de tudo o que foi recebido e gasto?

É muito simples. Você pode começar separando todos os seus holerites e extratos bancários. Depois de classificado e anotado todo o período com base nestes documentos, busque o máximo possível em seus arquivos e até mesmo em sua memória.

Exemplo: Você tem certeza do valor que gastou num determinado produto, mas não está no extrato e você não tem a nota fiscal. Sem problemas, lance estes valores que você tem na memória, pois provavelmente irá gastar de novo com algo semelhante.

3º Passo – Planejamento

Agora que você já classificou quase todo o ano passado, faça uma breve análise de como foi o ano, antes de começar seu planejamento. Algumas dicas importantes para saber se você teve um ano proveitoso, financeiramente falando:

1 – Ter recebido mais do que gastou. Faça a conta simples, mês a mês e total do ano. Você PRECISA receber mais do que gasta.

2 – Verifique sua mutação patrimonial. Neste caso, considere patrimônio tudo que pode lhe gerar benefício futuro, seja pela venda, seja pelo proveito. Ex: Carro, Moto, Casa, Computador, etc.

3 – Quanto (em %) você guardou? Sim, investimentos. Desde a pequena poupança até o mais arriscado plano de ações. NOTA: Não estou dizendo para comprar ações. Estou pedindo que verifique o quanto foi guardado, seja onde for.

4 – Verifique as despesas mais onerosas, bem como a real necessidade delas existirem. Principalmente se no quesito número 1, você observou que gastou mais do que recebeu. Neste caso, você precisará antes de elaborar seu orçamento, adequar suas despesas para elas caberem em suas receitas.

5 – E principalmente, você PRECISA ter usado o dinheiro. Usado com qualidade. Verifique quantas viagens você fez no ano. Quantas vezes levou a família ao parque, cinema, praia, etc. Quanto você investiu em si mesmo. Na sua qualidade de vida.

Após ter feito estas verificações, vamos ao orçamento de fato.

4º Passo – Elaboração

Comece com as receitas. Anote todas as receitas previstas. Caso você esteja usando uma planilha eletrônica, anote os itens (salário, férias, 13º e demais receitas) numa coluna vertical e os meses de forma horizontal. Linear.

Receitas Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Total
Salário R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Férias R$ R$
13º R$ R$ R$

A seguir, lembre-se de reservar um espaço para seus investimentos. Suas reservas.

Ao fazer investimentos, não se esqueça de planejar muito bem para não correr o risco de investir e ficar sem dinheiro para as despesas. Os juros de rendimentos são sempre menores que os juros de despesas. Se for faltar para quitar as despesas, deixe para investir mais pra frente ou invista menos.

Agora vamos às despesas. Como você classificou suas despesas anteriormente, agora é só planejar para o ano seguinte. Se você souber o valor exato que irá gastar, basta anotar mês a mês. Se não souber, faça uma projeção conforme o ano passado.

 

Despesas Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Total
Aluguel/Prestação R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Água/Luz R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Mercado R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Internet/Fone/TV R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Prestação Carro R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Combustível R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
IPTU/IPVA R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Escola/Faculdade R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Convênio R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

 

Finalizando, basta você inserir uma linha no final de tudo isto ou até mesmo em outro local buscar estes dados. O mais importante é ter a visão global dos valores e saber onde investir mais ou gastar mesnos.

 

Receitas Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Total
Investimentos R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Despesas R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$
Saldo R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

 

Isso aí pessoal. Espero ter ajudado.

Um forte abraço a todos.

Deixe uma resposta